Informações e Notícias

Quadro de Distribuição com Barramento

Entenda porque os quadros elétricos TTA e PTTA são mais seguros

Quadro elétrico, ou ainda painel elétrico para alguns, é o nome que se dá ao equipamento usado para controlar e comandar as instalações elétricas de uma indústria ou comércio. Entre suas finalidades estão ainda garantir a proteção das pessoas, a segurança do imóvel e dos bens materiais ali existentes. E como em todo segmento, neste também há diferenciais. No caso, os quadros elétricos TTA e PTTA.

Um quadro elétrico TTA (sigla que tem origem na expressão em inglês Type Tested Assembly) é composto de uma série de conjuntos que são construídos a partir de um projeto elétrico e mecânico do tipo padrão. Neste caso, a performance é assegurada a partir de ensaios realizados individualmente em todos os seus componentes. São eles barramento, entradas, saídas, alimentadores e partidas.

No caso dos quadros elétricos PTTA (sigla também em inglês para Partially Type Tested Assembly) os ensaios de tipo são parcialmente testados. Esses equipamentos possuem uma lista deles a serem atendidos, contudo, os de curto-circuito e de elevação de temperatura podem ser extrapolados por meio de cálculo de conjuntos similares.

Quadros elétricos TTA e PTTA e a segurança

Os ensaios aos quais nos referimos são feitos considerando o pior dos cenários aos quais o quadro elétrico será submetido. A NBRIEC 60439-1 é a norma que define o que são quadros elétricos TTA e PTTA e, ao mesmo tempo, especifica quais são os testes que precisam ser feitos nos protótipos.

Entre esses itens obrigatórios estão verificar os limites de elevação de temperatura, analisar as propriedades elétricas, avaliar a corrente tida como suportável de curto-circuito e a eficácia do circuito de proteção. Checar as distâncias de isolação e isolamento, assim como conferir o funcionamento mecânico e verificar o grau de proteção são outros pontos cruciais.

Equipamento testado ao extremo

Quadro elétrico, ou ainda painel elétrico para alguns, é o nome que se dá ao equipamento usado para controlar e comandar as instalações elétricas de uma indústria ou comércio. Entre suas finalidades estão ainda garantir a proteção das pessoas, a segurança do imóvel e dos bens materiais ali existentes. E como em todo segmento, neste também há diferenciais. No caso, os quadros elétricos TTA e PTTA.

Assim, toda vez que se adquire quadros elétricos TTA e PTTA, se tem a certeza de ter à disposição um equipamento que foi testado ao extremo. Além disso, são projetados e desenvolvidos preferencialmente em gabinetes metálicos com alto padrão de qualidade. Incluem-se neste critério a estrutura, os barramentos, os cabos e até a especificação dos disjuntores alimentadores.

A Stal Engenharia é certificada pela Schneider, grupo multinacional francês, especializado em produtos e serviços para distribuição elétrica, controle e automação e reconhecido mundialmente pelo elevado nível tecnológico e por atender as principais normativas de qualidade e segurança nacionais e internacionais relacionadas ao setor.

Tal qualificação é resultante de a empresa contar com um corpo técnico capacitado para executar todas as etapas do exigente processo de construção desse tipo de painel.

Ensaios de sobrecarga e sobretensão

A intenção dos ensaios de testes é descobrir se o quadro elétrico TTA e PTTA suporta, de fato, o trabalho para o qual foi projetado e as condições às quais será submetido. Assim, o equipamento é submetido a sobrecarga e sobretensão para que se tenha a garantia de que, mesmo em situações extremas, não haja danos à instalação elétrica e nem mesmo risco à segurança de quem opera a máquina ou mesmo esteja ao redor.

Além dos ensaios de tipo, o quadro elétrico TTA e PTTA também é submetido ao que a norma NBRIEC 60439-1 chama de ensaios de rotina, ou seja: inspeção de conjunto (incluindo instalações elétricas e funcionamento elétrico), checagem de conexões de condutor e análise de medidas de proteção.

Proteção que evita prejuízos

Esses testes asseguram a integridade de outros painéis que operem próximos ao TTA e ao PTTA. Isso é feito porque se um quadro elétrico não suporta os esforços térmicos e dinâmicos, pode até explodir e resultar em ferimentos graves a pessoas próximas e danos ao patrimônio.

Quando se opta por um quadro elétrico TTA ou PTTA, aumenta-se a proteção dos componentes que fazem parte do circuito elétrico dependente dele, evitando assim que uma sobrecarga provoque danos irreversíveis a essas peças e, por exemplo, paralisem uma produção, o que pode ser fatal em tempos de um mercado tão acirrado.
Precisar saber mais sobre os nossos produtos?
Entre em contato conosco:
(19) 3327.8991 // (19) 98167-2795
orcamentos@stalengenharia.com.br


Cadastre-se através do formulário abaixo e receba informações, notícias e promoções.